Terraplenagem Net

O portal da terraplenagem

Operador de MáquinasOperador de máquinas não é apenas mais uma profissão do setor de construção e mineração, mas é também o sonho de muitas pessoas que têm ou tiveram contato com máquinas pesadas e desenvolveram uma verdadeira paixão por estes equipamentos. Afinal, quem nunca sonhou, ainda que quando criança, em operar uma retroescavadeira, uma carregadeira de pneus ou ainda um trator de esteiras?

Pois é, mas para ser um operador de máquinas não basta sonhar, é preciso acima de tudo capacitação e responsabilidade. Ninguém se torna um operador de máquinas do dia para a noite. É preciso treinamento, aulas teóricas e práticas, que requer muita dedicação e tempo.

Neste artigo daremos dicas de como se tornar um ótimo operador de máquinas, um verdadeiro profissional atrás do painel e das alavancas comandando gigantes de aço fundamentais para a construção e mineração.

Curso de operador de máquinas

Já há alguns anos, tanto o mercado de terraplenagem e demolição, áreas da construção civil onde se emprega operadores de máquinas, quanto o de mineração, também muito exigente em relação a estes profissionais, vêm procurando profissionais qualificados onde apenas a experiência não basta para ingressar no mercado de trabalho.

Muitas empresas possuem certificações que dependem da colaboração de todos os envolvidos e operadores qualificados são essenciais para o sucesso e qualidade dos seus serviços e produtos. Mesmo as empresas menores e/ou que não possuem certificação de qualidade e segurança, exigem profissionais qualificados para operação de máquinas e caminhões pois o capital envolvido é elevado demais para arriscarem permitir acidentes que causem danos ao próprio equipamento, às construções, aos produtos manipulados (no caso de empilhadeiras) e principalmente à integridade das pessoas.

É para isso que existem diversos cursos para capacitação e especialização de operadores de máquinas. O operador de máquinas deve estar preparado para operar o equipamento com total controle de suas funções e estar preparado para lidar com as mais diversas situações sendo capaz de desempenhar suas funções e superar obstáculos de forma eficaz e com segurança.

Curso de operador de máquinas

Geralmente os requisitos mínimos para se tornar um operador de máquinas é ter pelo menos 18 anos de idade, ser habilitado com CNH categoria B e possui ensino fundamental, embora quanto maior o grau de instrução do indivíduo, mais fácil e melhor o aprendizado no curso de operador de máquinas. Para se inscrever em cursos de operador de máquinas o interessado deverá entrar em contato com a instituição mais próxima ou que mais lhe agradar e verificar a disponibilidade de turmas para matricular-se e agendar o início das aulas.

Os cursos para operador de máquinas geralmente têm duração de 50 horas, divididas entre aulas teóricas e aulas práticas com apresentação de modelos de tratores e demonstração de técnicas de operações. Todas as instituições fornecem ao término do curso um certificado de operador de máquinas aos alunos que o concluírem.

O investimento pode variar bastante, de R$ 20,00, que é cobrado em especializações online, a até R$600,00 para os cursos presenciais, como o oferecido pelo SENAI. A maior parte das instituições que oferecem curso de operador de máquinas permitem o pagamento parcelado.

Curso e Treinamento para Operador de Máquinas Pesadas Curso e Treinamento para Operador de Máquinas

Normalmente um bom curso de operador de máquinas pesadas inclui em seu conteúdo programático itens como:

  • Introdução com princípios básicos da operação de máquinas pesadas;
  • Técnicas de operação de máquinas pesadas como escavação, movimentação de cargas, etc;
  • Normas regulamentadoras (como as NRs 06, 11, 12, 18 e 26);
  • Responsabilidades do operador de máquinas;
  • Conhecimento dos principais sistemas e componentes de máquinas e equipamentos;
  • Inspeção inicial da máquina ou equipamento;
  • Conhecimento técnico e segurança na manutenção, além da importância da manutenção corretiva e preventiva;
  • Lista de verificação (checklist);
  • Cuidados para a utilização da máquina;
  • Práticas recomendáveis para o uso de máquinas e equipamentos;
  • Cuidados com pneus e rodas;
  • Cuidados com sistema de esteiras;
  • Relações com o meio ambiente (política ambiental);
  • Normas de segurança e segurança na operação como raio de operação, sinalização, etc;
  • Uso de uniforme e equipamentos de proteção individual (EPIs);
  • Direção defensiva abordando leis, negligência, imprudência, imperícia, atenção, habilidade, ação e descanso;
  • Operação de máquinas pesadas sob o efeito de drogas e álcool.
  • Exercícios e aulas práticas com um ou mais equipamentos (pá-carregadeira, retroescavadeira, motoniveladora, escavadeira hidráulica, minicarregadeira, trator de esteiras ou outros).

Segurança ao operar máquinas

Nas mãos de um profissional qualificado e capacitado, equipamentos de terraplenagem e mineração, na maioria das vezes enormes e que pesam várias toneladas, se transformam numa ferramenta fantástica, produtiva e durável. Já na mão de alguém despreparado esses equipamentos se tornam verdadeiras armas capazes de destruir veículos, construções, causar sérios ferimentos, muitas vezes resultando em invalidez e morte.

É preciso ter em mente que acidentes com equipamentos de grande porte, como máquinas pesadas e caminhões, quase sempre causam danos de grande monta, e quando envolvem vítimas, quase sempre são fatais. Por isso, é muito importante estar preparado para desempenhar suas funções de maneira eficaz e com segurança.

Segurança na Operação de Máquinas

Também é importante sempre colocar a segurança em primeiro lugar. Jamais ignore ou negligencie os procedimentos de segurança ou deixe de usar os equipamentos de proteção individual (EPIs) pensando em ganhar tempo. Lembre-se que alguns segundos dedicados a segurança podem representar uma vida inteira de produtividade e saúde.

Nunca utilize o equipamento de trabalho para fazer exibições ou acrobacias, tão pouco participe de competições com colegas de trabalho para disputar quem é mais rápido e ágil. Seu objetivo é desempenhar sua tarefa de forma segura e eficaz, sem comprometer sua integridade, do equipamento e de terceiros.

Responsabilidade do operador de máquinas

Além da responsabilidade em relação à segurança do equipamento, das construções e principalmente das pessoas, é preciso ter em mente que o desenvolvimento da obra muitas vezes depende do trabalho das máquinas, seja na terraplenagem e preparação do terreno. Em mineração então, nem se fala, pois a produção está intrinsecamente ligada ao trabalho dos equipamentos pesados, sejam máquinas ou caminhões.

Exemplo de Acrobacia e Imprudência com retroescavadeira

Exemplo de Acrobacia e Imprudência com retroescavadeira, um risco à segurança.

Se o operador atrasa, falta ou causa direta ou indiretamente a paralisação do equipamento, por quebra ou acidente, por exemplo, atrasa assim todo o cronograma de uma construção ou interrompe a produção de mineradoras, causando sérios prejuízos a empresa e a seus clientes e parceiros ligados à cadeia produtiva.

Além disso, é responsabilidade do operador prezar pelo bom funcionamento do equipamento, efetuando verificações periódicas dos níveis dos óleos e da água, vistoria em busca de vazamentos, trincas ou fissuras na estrutura, porcas e parafusos soltos, engraxamento das articulações, etc.

Polivalência x Especialização

É recomendável que somente opere determinada máquina o operador que é efetivamente capacitado e treinado para este tipo de máquina. Obviamente um operador especializado em um determinado tipo de máquina oferecerá maior produtividade e segurança. Porém, é muito comum, principalmente em obras de construção, o mesmo operador atuar em diversos tipos de equipamentos, principalmente em razão da falta ou atraso do operador designado à ela.

Um operador deve ter os movimentos da máquina assim como o espaço ocupado por ela e seu raio de giro em mente, para que possa executar seus movimentos com segurança e rapidez, otimizando as tarefas repetitivas. Um operador pode ser considerado polivalente quando consegue operar com eficiência e segurança mais de um tipo de equipamento, porém, isto só é possível com muita prática e experiência.

Aprender a operar máquinas

No mercado há vários cursos para operador de máquinas que instrui de forma geral como operar diversas máquinas, sem se aprofundar em um determinado tipo, deixando a cargo da empresa onde o futuro profissional trabalhará o treinamento específico para este ou aquele equipamento ou máquina. Porém, há também no mercado, cursos específicos para diversos equipamentos, como:

  • Curso de operador de empilhadeira;
  • Curso de operador de escavadeira hidráulica;
  • Curso de operador de guindaste;
  • Curso de operador de guindauto / munck;
  • Curso de operador de motoniveladora / patrol;
  • Curso de operador de pá-carregadeira;
  • Curso de operador de retroescavadeira;
  • Curso de operador de trator de esteiras.

Sobre os cursos acima, em nosso ponto de vista, se comparássemos com o curso de medicina, por exemplo, o curso de operador de máquinas forma um operador como o curso de medicina forma um clínico geral, ou seja, um profissional com conhecimento geral sobre sua área de atuação. Já os cursos citados como de operador de retroescavadeira ou operador de trator de esteiras, seriam uma especialização do operador de máquinas assim como um médico clínico geral pode especializar-se em pediatria, ortopedia, ginecologia, etc.

Mercado de trabalho e carreira como operador de máquinas

O mercado de trabalho para operador de máquinas pesadas é amplo e muito rentável, principalmente para quem já tem experiência e é polivalente, capaz de operar diversos tipo de máquinas com excelência.

Geralmente, quanto maior a capacitação, experiência e valor agregado do equipamento a ser operado, maior a remuneração do operador de máquinas, ou seja, geralmente um operador de minicarregadeira possui salário menor do que um operador de uma escavadeira de 30 toneladas, e este, por sua vez, tem um salário menor do que de um operador de guindaste ou escavadeira de 100 toneladas.

Ganhando dinheiro como operador de máquinas pesadas

Um dos atrativos da carreira de operador de máquinas, principalmente na operação de máquinas de terraplenagem, é que você terá sempre a oportunidade de conhecer novas pessoas e lugares, enfrentando diferentes desafios em diferentes condições e terrenos, permitindo a você ampliar tanto sua destreza e experiência profissional como também sua rede de contatos (networking). Estar sempre em contato com ambientes diferentes, pessoas diferentes e encarando desafios diferentes, é algo que torna a carreira de operador de máquinas menos estressante e cansativa.

Já a operação de máquinas que trabalham geralmente no mesmo local e efetuando as mesmas tarefas, como em mineradoras ou na movimentação de cargas dentro de espaços confinados, em carga e descarga de materiais, pode ser uma boa pedida para quem não gosta muito de mudanças tanto de ambiente quanto de colegas.

Instituições para treinamento e capacitação

Não temos conhecimento de uma regulamentação para oferta de cursos para operação de máquinas por parte de instituições ou até mesmo de credenciamento ou reconhecimento dos certificados emitidos por elas.

De qualquer forma, abaixo listaremos alguns links de instituições que conhecemos e que oferecem cursos para operador de máquinas, porém, não temos qualquer relação ou vínculo com elas.

SENAI/SCCurso de Operador de Máquinas Pesadas -Telefone 0800-481212

SEST/SENATCurso de Operador de Máquinas Pesadas – Telefone 0800-728-2891

APELMATCurso de Operador de Máquinas – Telefone (11) 3722-5022

OPUS / SOBRATEMA – Cursos de Rigger, Supervisor de Rigging, Gerenciamento, Manutenção e Gestão de Frotas – Telefone (11) 3662-4159

Se você conhece alguma instituição formal que ofereça cursos de operação de máquinas e equipamentos, compartilhe conosco através dos campos abaixo destinados a comentários.

Aproveite para compartilhar este artigo com seus amigos ou colegas que desejam trabalhar como operadores de máquinas pesadas ou que já trabalham na área e procuram treinamento e capacitação.

Contamos com a sua participação 😉

Share

12 respostas para Operador de máquinas: Como se tornar um?

  • Bom dia
    Moro em cotia e gostaria de fazer o curso de escavadeira e guindaste. Poderia me passar um contato próximo.

  • Como faço para saber se o diploma que a adiministradora do curso de operador e valido no mercado de trabalho? Gostaria de saber se vcs sabem de alguma escola de qualidade na regias de minas gerais

    • Leandro dos Santos

      Saudações, caro Ricardo!

      Olha, consultamos nosso amigo Daniel Andrade da RDL Treinamentos e o mesmo nos informou que:

      A empresa tem que ser específica para essa atividade e o instrutor tem que ter formação para atuar como instrutor e também registrado para tal atividade pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). O mínimo do curso é 16 horas podendo chegar a 40 horas também. Quem regulamenta se o curso é válido ou não é o Ministério do Trabalho e Emprego. Lembrando que se o instrutor do curso não tiver proficiência no assunto operação de máquinas pesadas, seu treinamento pode ser considerado inválido para o MTE.

      Esperamos que tenha esclarecido suas dúvidas 😉

  • Bom dia Leandro, gostaria muito de fazer o curso específico de motoniveladora, moro no Rio mas não sei onde tem por aqui, já pesquisei mas não achei. Você que é da área será que poderia me dar esta informação. Abraço. ailton.

    • Leandro dos Santos

      Amigo, desculpe, mas na sua região não conheço. O que posso recomendar é que procure associações e sindicatos relacionados à terraplenagem ou locação de equipamentos para construção civil e com certeza, poderão ajudá-lo. Se quiser, em nossa página de links existem inúmeros sites relacionados, veja se algum lhe atende. Boa sorte!

  • Quais os requisitos para ser um operador de pá carregadeira em uma empresa? Tenho que apresentar o diploma do curso e mais o quê?

  • Qual profissional recebe melhor?

  • Gostaria muito de operar uma maquina pois possuo muita habilidade

    • Leandro dos Santos

      Amigo, procure fazer algum curso de operador para “comprovar” através de um certificado toda a sua habilidade. Lembrando que um bom operador não é só aquele que tem destreza ou facilidade em operá-la, é preciso (na minha opinião): 1) Operar de forma segura, visando a segurança de si mesmo como operador, das pessoas a sua volta, das construções e do equipamento; 2) Operar de forma eficaz, sendo produtivo sem causar desgaste excessivo do equipamento ou maior consumo de combustível do que o normal esperado; 3) Estar sempre em constante aprimoramento e atualização dos seus conhecimentos tanto nas técnicas de operação quanto em outros quesitos como mecânica voltada para a manutenção e prevenção de falhas, segurança, etc; 4) Usar todos os EPIs indicados para a profissão, como óculos de proteção e protetor auricular; 5) Gostar do que se faz, pois provavelmente você vai enfrentar calor, frio, chuva, sol, poeira, lama, fumaça, etc.

      Procure também a oportunidade de começar em alguma empresa pequena, para somente depois de alguns anos de prática, arriscar “voos” mais altos, em grandes empreiteiras, etc.

      Boa sorte!

      • Perfeita a sua colocação Leandro. Trabalho na área de terraplenagem com Segurança do Trabalho e o que tenho notado nesses anos a fio é que as pessoas visam mais os altos salários que a profissão oferece, porém esquecem a responsabilidade que envolve ser o responsável direto pela condução de um equipamento de alto risco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + 16 =

Siga-nos
FanPage do Terraplenagem.Net no FacebookPágina do Terraplenagem.Net no Google Plus!Twitter do Terraplenagem.NetAtualizações do Terraplenagem.Net / Feed RSS
Conteúdo
Conheça também
Comprar e Vender Imóveis Guia da Obra Construção Civil Business Escavadeira . Net Retroescavadeira . Net