Terraplenagem Net

O portal da terraplenagem

Share

Dimensões dos Tratores de Esteira

As dimensões do trator de esteira (comprimento, largura e altura, por exemplo) são fundamentais na hora de aplicá-los em determinadas tarefas e principalmente, na hora do transporte entre obras ou garagens.

Altura

Normalmente para tratores de esteiras deste porte não é muito relevante sua altura como impedimento para seu emprego em determinada tarefa, visto que devido ao seu porte, normalmente são utilizados em campos abertos e sem limitação de altura.

Geralmente a maior preocupação quanto à altura do trator diz respeito ao seu transporte ou armazenamento em garagens cobertas. De qualquer forma, acrescentamos este item para tornar o comparativo mais completo.

Gráfico de altura e comprimento de trator de esteira

Gráfico comparativo de altura e de comprimento de trator de esteira.

Comprimento

O comprimento do trator de esteiras, assim como de qualquer outro trator ou equipamento de terraplenagem ou de mineração, é um fator importante na hora de transportá-lo. Quanto menor o equipamento, mais fácil e barato é o seu transporte.

Largura

Neste item comparamos a largura do trator sem considerar a lâmina e com a lâmina em ângulo máximo. Embora não seja uma informação muito importante no que diz respeito ao espaço disponível durante o trabalho, visto que esse tipo de trator só é empregado em grandes espaços abertos, a largura do trator influencia diretamente na sua estabilidade e centro de gravidade, além de poder ser um problema no transporte.

Gráfico comparativo de largura de trator de esteira

Gráfico comparativo de largura de trator de esteira.

Todo trator de esteira cujo a largura, mesmo que com a lâmina em ângulo, ultrapasse 2,60m, geralmente requerem a remoção de sua lâmina para transporte em caminhões ou carretas, exceto quando usadas carretas com largura além do convencional, que necessitam de batedores e sinalizações especiais além de horários e itinerários diferenciadas para trafegar nas vias públicas.

Peso Operacional de cada Trator de Esteira

Uma das principais razões do peso operacional maior num determinado trator é decorrente de uma estrutura maior e mais robusta, da presença de lâmina maior ou também de um escarificador (ripper), mas também pode ser explicado por um número maior de opcionais.

É fundamental haver um perfeito equilíbrio entre peso e potência. Quanto mais pesado for um trator, maior deve ser a potência para poder empurrar materiais mais pesados ou efetuar tarefas de forma mais rápida, em trabalho onde a produção elevada é essencial.

Tratores mais pesados também podem requerer veículos especiais para seu transporte, pois quanto maior for o peso operacional, maior será também a quantidade de eixos necessárias no caminhão ou carreta (reboque ou semi-reboque) para transportá-lo conforme as leis vigentes que referem-se ao peso por eixo, peso bruto total (PBT), capacidade máxima de tração (CMT) e/ou ainda ao Peso Bruto Total Combinado (PBTC) do veículo responsável pelo transporte do trator.

Gráfico de peso operacional e pressão sobre o solo de trator de esteira

Gráfico comparativo de peso operacional e pressão sobre o solo de trator de esteira.

Pressão sobre o Solo

A pressão exercita pelo trator sobre o solo é uma relação entre a área de contato da esteira com o solo e o peso operacional do trator.

Quanto maior a área, seja uma esteira mais longa ou mais larga, ou ainda, as duas coisas, menor a pressão sobre o solo em razão da distribuição do peso sobre o solo de forma menos concentrada.

Motor

Ao que percebemos em nossa comparação, os modelos avaliados possuem diferentes motores, embora as especificações dos modelos Case e New Holland sejam bem similares.

Pontos importantes relacionados à motorização dos tratores diz respeito ao sistema de injeção, pois quanto mais eficiente, menor será o consumo de combustível, maior a potência gerada e menor a emissão de poluentes. Neste ponto, vários modelos comparados possuem certificação EPA nível 3 ou TIER 3, como é o caso dos motores F4HE9684K*J103, Caterpillar C7.1 Electronic ACERT™, John Deere PowerTech™ Plus 6068H, Komatsu SAA6D107E-1 e New Holland 667TA/EDJ.

Cilindrada

A cilindrada (https://pt.wikipedia.org/wiki/Cilindrada) do motor diz respeito ao volume de deslocamento do motor pela ação dos pistões dentro da câmara de explosão (camisas).

Geralmente, um motor com maior cilindrada resulta em maior potência, mas nem sempre isso se aplica, pois inúmeros fatores estão relacionados, como tipo de injeção de combustível, tipo de alimentação de ar (naturalmente aspirado ou turboalimentado), entre tantas outras variáveis. Porém, se consideramos um mesmo motor, que usa as mesmas tecnologias de injeção de combustível, de alimentação de ar, etc, quanto maior for a cilindrada, automaticamente maior será a potência obtida e também o consumo de combustível.

Gráfico de potência e rotação do motor de trator de esteira

Gráfico comparativo de potência e rotação do motor de trator de esteira.

Potência

Quanto à potência do motor, todos concordam que quanto maior a potência, melhor, correto? Nem sempre, pois vai depender do quanto da potência gerada será aproveitada.

Um exemplo prático é você imaginar que um caminhão 6×4 de 480 HP é ideal para “puxar” um bitrem com até 57 toneladas de PBTC ou rodotrem com até 74 toneladas de PBTC. Já o mesmo caminhão não é indicado para utilizar um baú sobre seu chassi transportando cerca de 10 toneladas de carga. Porque? Simplesmente porque ele consumirá muito combustível sem necessidade.

Outro exemplo é você usar uma pickup com motor 5.7 V8 com 395HP de potência para ir todos os dias sozinho para o trabalho. Não acha que um automóvel com motor 1.0 de 80~90 HP de potência já lhe atenderia muito bem com uma absurda economia de combustível?

Percebe? O equipamento com maior potência é muito interessante, porém, se você for fazer uso dessa potência, caso contrário, não faz tanta diferença assim.

Agora algo que faz sim, alguma diferença, é em que rotação tal potência foi alcançada. Quanto menor a rotação do motor, menor é o consumo, menor é a vibração, ruído e poluição gerados, além é claro, de menor desgaste do conjunto. Motores que entregam maior potência com rotações mais baixas, costumam desempenhar as tarefas de forma mais otimizada.

Continue lendo na próxima página…

Páginas: 1 2 3 4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + treze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Siga-nos
FanPage do Terraplenagem.Net no FacebookTwitter do Terraplenagem.NetAtualizações do Terraplenagem.Net / Feed RSS
Publicidade

Líder Locações

Conheça também
Guia da Obra Escavadeira . Net Retroescavadeira . Net