Ocidentais por trás das marcas chinesas

Informações e dúvidas sobre retroescavadeiras (retro-escavadeiras).
Responder
Avatar do usuário
Leandro
Fundador
Fundador
Mensagens: 312
Registrado em: 20 de Abril de 2010 às 15:41
Localização: São Paulo - SP
Contato:

Ocidentais por trás das marcas chinesas

Mensagem por Leandro » 26 de Novembro de 2012 às 22:46

Saudações!

Caros amigos, não sei se já perceberam, mas várias marcas chinesas já foram vendidas ou são atualmente geridas por marcas ocidentais já renomadas na área de máquinas pesadas.

Um exemplo é a SEM, marca que pertence à Caterpillar desde 2008.

A Shandong Lingong Construction Machinery Co., Ltd, mais conhecida como SDLG, é uma das marcas da Volvo Construction Equipment.

Em contra-partida, várias chinesas adquiriram empresas ocidentais.

O que vocês acham disso? Acham que as gigantes ocidentais como a Caterpillar, por exemplo, adquirirem marcas chinesas que estão ganhando fatias do mercado seria algo ruim para o consumidor? Eu acho, afinal, isto diminui a concorrência tão sadia que vinha causando inclusive, uma baixa forçada, mesmo que discreta, nos preços de equipamentos de marcas mais conhecidas entre nós, ocidentais.

Opinem!
Imagem Imagem TERRAPLENAGEM.NET - Site sobre Terraplenagem e Máquinas Pesadas

Marcelo Conte de Souza
Novato
Novato
Mensagens: 5
Registrado em: 08 de Setembro de 2012 às 08:32
Localização: Vitória-ES
Contato:

RE: Ocidentais por trás das marcas chinesas

Mensagem por Marcelo Conte de Souza » 26 de Janeiro de 2013 às 18:14

Leandro escreveu: Saudações!

Caros amigos, não sei se já perceberam, mas várias marcas chinesas já foram vendidas ou são atualmente geridas por marcas ocidentais já renomadas na área de máquinas pesadas.

Um exemplo é a SEM, marca que pertence à Caterpillar desde 2008.

A Shandong Lingong Construction Machinery Co., Ltd, mais conhecida como SDLG, é uma das marcas da Volvo Construction Equipment.

Em contra-partida, várias chinesas adquiriram empresas ocidentais.

O que vocês acham disso? Acham que as gigantes ocidentais como a Caterpillar, por exemplo, adquirirem marcas chinesas que estão ganhando fatias do mercado seria algo ruim para o consumidor? Eu acho, afinal, isto diminui a concorrência tão sadia que vinha causando inclusive, uma baixa forçada, mesmo que discreta, nos preços de equipamentos de marcas mais conhecidas entre nós, ocidentais.

Opinem!
[hr][/hr]
Boa tarde Leandro!

Além dessas já citadas por você, ainda há a "dança das cadeiras" entre outras marcas renomadas como a compra da Bobcat pelo grupo Doosan/Daewoo(Coréia do Sul) e a Hyundai Machinery(Coréia do Sul) pela Volvo. A grande questão é a qualidade das peças produzidas por esses grandes fabricantes em outro território (leia-se China) e com a eterna dúvida relativo a durabilidade. Até então quando estes fabricantes traziam as mesmas de seus países de origem(EUA, UE) sabia-se de sua confiabilidade já que o processo fabril passa por um controle de qualidade rigoroso sem citar que sua mão-de-obra é extremamente capacitada. Mas nos dias de hoje, observando o quebra-quebra na Europa e EUA não fica difícil imaginar uma manobra por parte destes afim de recuperar seus lucros advindos de suas filiais chinesas! O fato também da compra de empresas à beira da falência pelos chineses deve-se muito mais a tecnologia que acabam incorporando aos seus produtos. Também concordo que com ess atitude por parte da Caterpillar e Volvo com suas "crias" chinesas, irá aos poucos derrubar uma concorrência benéfica aos operadores de equipamentos pesados e peças de reposição! Posso dar um exemplo do meu amigo que possui duas Caterpillar 924 G e que andou pesquisando sobre as SEM 638 que seria da mesma categoria. O preço já não é tão baixo em relação aos seus pares ocidentais e como alguns da Sotreq dizem; "A SEM é o fuscão das máquinas, usando motores ultrapassados da marca" ! Agora me pergunto se o preço das peças será também "abusivo" por agora pertencer a Cat??? Esperar pra ver!
Um grande abraço à todos do grupo!
Editado pela última vez por Marcelo Conte de Souza em 26 de Janeiro de 2013 às 18:30, em um total de 1 vez.

Avatar do usuário
Leandro
Fundador
Fundador
Mensagens: 312
Registrado em: 20 de Abril de 2010 às 15:41
Localização: São Paulo - SP
Contato:

RE: Ocidentais por trás das marcas chinesas

Mensagem por Leandro » 31 de Janeiro de 2013 às 22:44

Marcelo Conte de Souza escreveu: Boa tarde Leandro!

Além dessas já citadas por você, ainda há a "dança das cadeiras" entre outras marcas renomadas como a compra da Bobcat pelo grupo Doosan/Daewoo(Coréia do Sul) e a Hyundai Machinery(Coréia do Sul) pela Volvo. A grande questão é a qualidade das peças produzidas por esses grandes fabricantes em outro território (leia-se China) e com a eterna dúvida relativo a durabilidade. Até então quando estes fabricantes traziam as mesmas de seus países de origem(EUA, UE) sabia-se de sua confiabilidade já que o processo fabril passa por um controle de qualidade rigoroso sem citar que sua mão-de-obra é extremamente capacitada. Mas nos dias de hoje, observando o quebra-quebra na Europa e EUA não fica difícil imaginar uma manobra por parte destes afim de recuperar seus lucros advindos de suas filiais chinesas! O fato também da compra de empresas à beira da falência pelos chineses deve-se muito mais a tecnologia que acabam incorporando aos seus produtos. Também concordo que com ess atitude por parte da Caterpillar e Volvo com suas "crias" chinesas, irá aos poucos derrubar uma concorrência benéfica aos operadores de equipamentos pesados e peças de reposição! Posso dar um exemplo do meu amigo que possui duas Caterpillar 924 G e que andou pesquisando sobre as SEM 638 que seria da mesma categoria. O preço já não é tão baixo em relação aos seus pares ocidentais e como alguns da Sotreq dizem; "A SEM é o fuscão das máquinas, usando motores ultrapassados da marca" ! Agora me pergunto se o preço das peças será também "abusivo" por agora pertencer a Cat??? Esperar pra ver!
Um grande abraço à todos do grupo!
Caro Marcelo, acho que o mercado de equipamentos pesados para construção civil, mais especificamente para terraplenagem (linha amarela, como chamam), está passando por um processo de transição.

Até algum tempo atrás, tinhamos as principais marcas brigando para ter o equipamento com maior performance, maior confiabilidade e maior conforto ou praticidade para o operador. Tudo isso, ao longo dos anos, foi tornando o custo de aquisição dos equipamentos mais alto.

Com a entrada dos produtos orientais no Brasil, principalmente os chineses, o mercado de terraplenagem voltou a ter a opção de produtos menos sofisticados com preços muito menores, proporcionalmente ao seu rendimento, com ótima relação custo x benefício.

Tecnologia é muito bom, porém, em algumas áreas, nem sempre o seu emprego massivo, como vinha ocorrendo, resulta em melhor desempenho ou rentabilidade, principalmente em aplicações específicas e para clientes especiais.

Com isso, houver esse boom de vendas de máquinas chinesas no país. Marcas renomadas como Caterpillar, Volvo, entre outras, não deixariam passar batido essa fatia de mercado que estavam perdendo, por isso, correram atrás do prejuízo (metaforicamente falando), adquirindo marcas chinesas e atuando "por trás" delas.

Li em uma entrevista, não sei ao certo se foi na revista M&T, que o novo presidente da Volvo CE afima que não é uma estratégia da empresa o fato de antigos compradores de máquinas Volvo usadas estarem optando agora por máquinas novas da SDLG (onde a Volvo CE é acionista majoritaria) resultando em um aumento significativo de vendas da marca.

Ora bolas, você acha que "eles", as grandes potências na fabricação de máquinas, dão ponto sem nó?

Para mim, não só da Volvo CE, mas de todas as grandes ocidentais que adquirem marcas chinesas, essa é sim uma estratégia. É muito mais vantajoso para o fabricante vender um equipamento mais simples e mais barato inteiro, do que vender apenas peças e serviços para um equipamento usado. Simples assim!

Na entrevista, o novo presidente da Volvo CE também diz que a SDLG não é uma "segunda linha" da Volvo, e sim, uma nova opção para quem quer uma solução mais barata e rápida.

Eu, como muitos outros com quem tenho conversado sobre essa "dança das cadeiras", como você citou, meu amigo Marcelo, entendo que quem compra produto chinês realmente não quer ficar com ele por mais de 1 ou 2 anos (solução barata e rápida, entende?). Para mim, não é que a pessoa não vá usar o produto por muito tempo, ou que não tenha esta necessidade, o fato é que o produto não vai "durar" como duraria a marca Top, entende? Mas, está aí a diferença no custo x benefício.

Agora eu não compro SEM achando que vou ter qualquer respaudo da Caterpillar... e também não compro SDLG achando que vou ser respaudado pela Volvo CE. São empresas diferentes, administradas independentemente, equivoca-se quem pensa o contrário.

Sobre os preços, para mim, outra estratégia. Assumindo o controle de quem está te incomodando, você ajusta sua atuação de forma a te dar lucro direta e indiretamente. Aumentar o preço das marcas chinesas controladas pelas ocidentais é a forma de conseguir isso. Mata-se assim, dois coelhos com uma cajadada só. Não digo que eles estejam errados, pelo contrário, isso é capitalismo, deve-se obter lucro sempre e cada vez maior quando possível, mas infelizmente, quem perde somos nós, o povo, relés mortais.

Como citou, também houver o caminho inverso, ou seja, chineses comprando ocidentais, como a Sany que adquiriu a gigante alemã Putzmeister e a XCMG adquire a alemã Schwing Stetter. Casos claros onde os chineses não pensam apenas em abocanhar um mercado, pois poderiam fazer isso com seus produtos, mas vão mais além, comprando a tecnologia, o know-how das veteranas ocidentais.
Imagem Imagem TERRAPLENAGEM.NET - Site sobre Terraplenagem e Máquinas Pesadas

Marcelo Conte de Souza
Novato
Novato
Mensagens: 5
Registrado em: 08 de Setembro de 2012 às 08:32
Localização: Vitória-ES
Contato:

RE: Ocidentais por trás das marcas chinesas

Mensagem por Marcelo Conte de Souza » 01 de Fevereiro de 2013 às 18:59

EU concordo contigo Leandro! Há sempre "algo mais" por trás do controle acionário das grandes chinesas! Também concordo em não abrir mão de marcas já conceituadas e com padrão outstanding de fabricação! Só nos resta observar o desenrolar dessa "dança"!!
Grande abraço pra ti!

Avatar do usuário
Leandro
Fundador
Fundador
Mensagens: 312
Registrado em: 20 de Abril de 2010 às 15:41
Localização: São Paulo - SP
Contato:

RE: Ocidentais por trás das marcas chinesas

Mensagem por Leandro » 02 de Fevereiro de 2013 às 08:10

Marcelo Conte de Souza escreveu: EU concordo contigo Leandro! Há sempre "algo mais" por trás do controle acionário das grandes chinesas! Também concordo em não abrir mão de marcas já conceituadas e com padrão outstanding de fabricação! Só nos resta observar o desenrolar dessa "dança"!!
Grande abraço pra ti!
Mas essa da Hyundai ter sido adquirida pela Volvo CE eu não sabia...

Sabe de mais alguma aglutinação das marcas, chinesas ou não, que tenha ocorrido nos últimos tempos?
Imagem Imagem TERRAPLENAGEM.NET - Site sobre Terraplenagem e Máquinas Pesadas

Marcelo Conte de Souza
Novato
Novato
Mensagens: 5
Registrado em: 08 de Setembro de 2012 às 08:32
Localização: Vitória-ES
Contato:

RE: Ocidentais por trás das marcas chinesas

Mensagem por Marcelo Conte de Souza » 02 de Fevereiro de 2013 às 09:23

Bom dia Leandro!
Volta e meia ando pelos sites de maquinaria procurando joint ventures!Rsrsrsrs Há também a Doosan, que agora detém a marca Bobcat e Ingersoll . A Dressta, marca tradicional polonesa na fabricação de bulldozers e carregadeiras, foi adquirida pela LiuGong e sem mencionar que a mesma possui 51% da ZF ! A Randon anda as voltas com o fechamento de joint venture com a Sinomach, empresa também fabricante de escavadeiras, motoniveladoras e outras. O caso da Hyundai não ocorreu só no ramo de máquinas, os automóveis também foram "infectados" pela Volvo. Haja visto a mudança estética e qualitativa nos carros da marca .
Se eu souber de mais alguma, posto no fórum ok?
Abraço pra ti e bom fim de semana!!

Avatar do usuário
Leandro
Fundador
Fundador
Mensagens: 312
Registrado em: 20 de Abril de 2010 às 15:41
Localização: São Paulo - SP
Contato:

RE: Ocidentais por trás das marcas chinesas

Mensagem por Leandro » 04 de Fevereiro de 2013 às 07:22

Marcelo Conte de Souza escreveu: Bom dia Leandro!
Volta e meia ando pelos sites de maquinaria procurando joint ventures!Rsrsrsrs Há também a Doosan, que agora detém a marca Bobcat e Ingersoll . A Dressta, marca tradicional polonesa na fabricação de bulldozers e carregadeiras, foi adquirida pela LiuGong e sem mencionar que a mesma possui 51% da ZF ! A Randon anda as voltas com o fechamento de joint venture com a Sinomach, empresa também fabricante de escavadeiras, motoniveladoras e outras. O caso da Hyundai não ocorreu só no ramo de máquinas, os automóveis também foram "infectados" pela Volvo. Haja visto a mudança estética e qualitativa nos carros da marca .
Se eu souber de mais alguma, posto no fórum ok?
Abraço pra ti e bom fim de semana!!
Que legal Marcelo, bom saber dessas "curiosidades"... sempre que puder, compartilhe conosco no fórum ;)
Imagem Imagem TERRAPLENAGEM.NET - Site sobre Terraplenagem e Máquinas Pesadas

Fabricio Cayres
Novato
Novato
Mensagens: 1
Registrado em: 08 de Fevereiro de 2013 às 12:21
Localização: Pompéia - SP
Contato:

RE: Ocidentais por trás das marcas chinesas

Mensagem por Fabricio Cayres » 08 de Fevereiro de 2013 às 12:37

Estimados senhores, todos estão corretos.

Porém estão colocando tudo no mesmo pote .

Estão se esquecendo da gigante Japonesa KOMATSU que desde 1918 está no mercado, e representa cerca de 40% no mercado mundial de escavadeiras.

Que não tem absolutamente nada a ver com essas marcas sitadas no forum .

Sempre esteve na vanguarda e sempre manteve sua posição, sua tradição e o respeito com os clientes Komatsu .

Pioneira em transmissão hidrostática em pás carregadeiras, sempre foi criticada pelos concorrentes e agora a CAT lança a 938K......que ironia né .

O site está de parabéns !!!

Um abraço à todos
Editado pela última vez por Fabricio Cayres em 08 de Fevereiro de 2013 às 12:41, em um total de 1 vez.

Marcelo Conte de Souza
Novato
Novato
Mensagens: 5
Registrado em: 08 de Setembro de 2012 às 08:32
Localização: Vitória-ES
Contato:

RE: Ocidentais por trás das marcas chinesas

Mensagem por Marcelo Conte de Souza » 12 de Fevereiro de 2013 às 20:01

Boa noite Fabricio!

Claro que a Komatsu dispensa propaganda e está entre as grandes fabricantes de maquinaria pesada!

Abraço

Avatar do usuário
Leandro
Fundador
Fundador
Mensagens: 312
Registrado em: 20 de Abril de 2010 às 15:41
Localização: São Paulo - SP
Contato:

RE: Ocidentais por trás das marcas chinesas

Mensagem por Leandro » 14 de Fevereiro de 2013 às 14:22

Fabrício, acho que me equivoquei com o título do tópico... me desculpe, eu deveria ter pensado melhor antes de defini-lo.

O que ocorre é que na verdade, quando falamos de equipamentos orientais estamos englobando produtos de vários países aos quais os níveis de qualidade são muito diferentes e as disparidades não são pequenas.

Para mim, a qualidade, não só de equipamentos para construção pesada / construção civil como pá-carregadeira, retroescavadeira, minicarregadeira, escavadeira hidráulica, entre outros, mas também de caminhões e automóveis em geral, segue esta ordem:

1. Disparado na frente, equipamentos e componentes do Japão, com qualidade e confiabilidade excepcionais;
2. Na última década, ou melhor, nos últimos anos, chegando muito próximo da qualidade dos produtos Japoneses, viriam os equipamentos e componentes da Coréia do Sul;
3. Em grande parte, até longe dos coreanos e japoneses no quesito qualidade e confiabilidade, aí sim, viriam os equipamentos e componentes da China.

Entendam que isso não é uma crítica aos produtos chineses, pois há sim produtos de qualidade vindos da China. O fato é que a impressão que fica é a de que máquinas e equipamentos chineses são fabricados e vendidos para suprir as necessidades imediatas do cliente, sem pensar no valor pago como um investimento à longo prazo, porém, isso vem mudando, como houver no Japão e depois na Coréia do Sul, com mais investimento em novas tecnologias e suporte pós-venda.
Imagem Imagem TERRAPLENAGEM.NET - Site sobre Terraplenagem e Máquinas Pesadas

Responder
  • Tópicos Semelhantes
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante